13 de março de 2011

Número de polícia

Hoje quase ninguém manda cartas ou postais à família ou aos amigos. A Internet, o telefone, o telemóvel tiraram o gosto pela escrita em papel. É mais cómodo, rápido e produz imediata resposta da parte do destinatário, no entanto não é a mesma coisa!

Todos sabemos que para que uma carta chegue ao seu destinatário é necessário colocar o nome, morada e código postal. A algum tempo o código postal passou a ter mais três dígitos que correspondem à aldeia respectiva ( na Salaborda Nova é o 220), o ano passado a Junta de Freguesia de Vila Facaia colocou em todas as aldeias placas a identificar as ruas (assunto polémico e controverso para algumas pessoas pois os nomes foram atribuidos sem a população ser ouvida) e agora recentemente foram atribuídos números de polícia (nº de porta).

Não me perguntem qual é o meu, pois não faço ideia. Informação supérflua.

E qual será  o critério de atribuição do número?!

Sem comentários: